RELIGIÕES MALUCAS PELO MUNDO

Em querer julgar as crenças que existem pelo mundo todo, certas religiões vão além do estranho quando se trata de fé. Ainda assim, nenhuma crença que se preze é completamente “normal”; todas se baseiam em ideias e fundamentos que geralmente que não tem explicação lógica.Com muito respeito, podemos numerar pelo menos 7 religiões um pouco mais diferentes do que aquelas que já conhecemos.

1) A RELIGIÃO DE JEDI

George Lucas não tinha ideia do que estava começando com os filmes da saga “Star Wars”. Os filmes iniciaram um movimento religioso que inspirou gerações de nerds a usar sabres de luz (obviamente falsos) e capas de guerreiros. E pior: eles acreditam que a “Força” realmente existe. Segundo a mitologia de Star Wars, a Força é a energia que mantém o universo unido e flui através de todas as coisas. Os Jedis são monges ao mesmo tempo em que são cavaleiros, capazes de controlar e usar a Força, vinculados por um código de moralidade e justiça. O jedaísmo é uma mistura do taoísmo e do budismo, e também incorpora elementos da cavalaria medieval. Não há nenhuma doutrina formal central, por isso é vagamente conhecido como o “Código Jedi”. Embora isso não seja confirmado, existe um boato de que os Jedi mais velhos obrigam membros que queiram aderir à religião a assistir a trilogia original de Star Wars 16 vezes seguidas (somente a primeira trilogia, pois os filmes mais recentes são considerados uma abominação).

2) A IGREJA DE ED WOOD

Ed Wood é conhecido em Hollywood como um dos piores (senão o pior) diretores de todos os tempos. Desde que morreu, ele ganhou status de “cult”, e suas explorações com a câmera foram interpretadas por Johnny Depp no filme de 1994 “Ed Wood”, dirigido por Tim Burton. Seu filme mais célebre é “Plan 9 from Outer Space”, o último de Bela Lugosi. Assim, a Igreja de Ed Wood (ou “Woodismo”) se identifica como de cultura pop, que espera trazer a espiritualidade para as pessoas que não a encontram nas religiões mais populares. Ed Wood é como um salvador (mas não O salvador). Os princípios da religião incluem a defesa da moral e dos ideais de Ed Wood, que prega a mensagem de compreensão total e aceitação, independentemente do que a sociedade moderna possa dizer. A igreja afirma que há mais de 3.000 seguidores do Woodismo pelo mundo.



3) SOCIEDADE AETHERIUS

Em 1954, George King estava sentado sozinho em seu apartamento em Londres, quando de repente “Aetherius” (seria um alienígena?) gritou: “Prepare-se! Você está a tornar-se a voz do Parlamento Interplanetário”. Então, ele fez exatamente isso. King iniciou a “Sociedade Aetherius”, que combina a sabedoria alienígena dos mestres cósmicos e o ioga em algo útil, que trará equilíbrio para a humanidade. Eles acreditam que Jesus, Buda e Krishna são na verdade alienígenas, e uma das suas reivindicações é que os alienígenas os alertaram do desastre de Chernobyl quatro horas antes do evento ocorrer. A Sociedade alega ter cerca de 650 adeptos.

4) RAELISMO

Um francês chamado Claude Vorilhons diz ter sido contatado por extraterrestres e intermediado as relações humano-alienígenas. Os alienígenas o apelidaram de Rael (daí o “Raelismo”). Rael afirma que os alienígenas o levaram ao planeta Elohim, onde ele conheceu Jesus, Buda, Joseph Smith e Confúcio. Os alienígenas disseram três coisas importantes para Rael: que os seres humanos foram criados em um laboratório alienígena 25 mil anos atrás; que os alienígenas vão cair sobre Jerusalém em 2025 e que Rael deve retransmitir uma mensagem para a humanidade de paz e de “meditação sensual” (peraí: meditação com um final feliz?). O Raelismo alega ter cerca de 30.000 seguidores.

5) RELIGIÃO DA CIÊNCIA FELIZ

Ryuho Okawa é o fundador da religião Ciência Feliz, no Japão. Ele acredita que sua missão é trazer felicidade para toda a humanidade (bem fácil). Ele também acredita ser a encarnação do ser espiritual supremo El Cantare. Okawa tem filmes e livros “bestsellers” (alguns dos quais ele diz que foram escritos por ele através dos espíritos de Maomé, Buda, Jesus e Confúcio). Engraçado como todos esses caras parecem ser amigos íntimos dessas grandes figuras religiosas. Ele também fez profecias de que o anjo Gabriel vai aparecer em Bangkok em 50 anos, e que alienígenas vão começar a nos visitar em 300 ou 400 anos. Okawa entrou na cena política e fundou seu próprio partido. Eles querem dobrar a população do Japão a 300 milhões por algum motivo. Ele também lançou vídeos afirmando que a Coréia do Norte está planejando invadir e colonizar o Japão. Eclético, né?

6) ONDAS PANA

Yuko Chino começou o movimento Ondas Pana como uma religião que inclui um pouco de budismo, uma pitada de cristianismo e uma dose de New-Age. Uma de suas causas é a sensibilização para os perigos das ondas eletromagnéticas, que ela diz serem os causadores da mudança climática e da destruição ambiental no mundo. Ela acredita que o fenômeno todo é de fato uma conspiração comunista para bombardear os seus seguidores com ondas nocivas de forma a matá-la. Assim, para se proteger, eles se vestem com roupas brancas, usam máscaras brancas, dirigem vans brancas, e viajam por aí procurando lugares menos poluídos pelas ondas nocivas. Eles também já tentaram sequestrar uma foca famosa para impedir o Armagedom, alegando que um décimo planeta faria com que a Terra trocasse de pólos.

7) MOVIMENTO DO PRÍNCIPE PHILLIP

O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth, é um deus no sul do Pacífico. A tribo Yaohnanen de Vanuatu acredita que o príncipe Philip é um ser divino, filho de um espírito da montanha que viajou pelos mares para um lugar distante, se casou com uma mulher poderosa, e retornará à sua terra um dia. O movimento é um tipo de “culto a produtos”, onde as tribos se focam na obtenção de bens materiais trazidos das nações industrializadas. Eles vêem esses materiais avançados como tendo sido criados por espíritos ou ancestrais para eles, e que foram injustamente “apreendidos” por outras nações. A maioria desses cultos a produtos foram iniciados durante, ou logo após, a Segunda Guerra Mundial, quando grandes quantidades de mercadorias eram trazidas pelos militares à região. Quando a guerra terminou e as bases se fecharam, as entregas também terminaram. Então, o que os nativos fizeram? Criaram falsos aeroportos e equipamentos de rádio com cocos, na esperança de atrair mais entregas imitando o que tinham visto. Assim, quando o casal real fez uma visita oficial a Vanuatu em 1974 (levando presentes), a lenda do príncipe Philip cresceu ainda mais. Caso você esteja se perguntando, sim, ele soube do gracejo, e decidiu mantê-lo.

8) IGREJA DO MARADONA

O que você diria se soubesse que existe em Rosario, na Argentina, um culto ao “deus”… Diego Armando Maradona? Que deve ser coisa de uma dúzia de sujeitos que não têm mais o que fazer? Que eles são loucos? Que “tinha que ser” coisa de argentino? Que essas pessoas não entendem nada de futebol?

 

Não é nada disso. Não são apenas 12 pessoas que não “têm mais o que fazer”… São cerca de 25 mil pessoas, que aproveitam seu tempo e seu culto – batizado Igreja Maradoniana – para ajudar o Hospital Infantil de Rosario, que atende crianças com câncer. Tão pouco é “coisa de argentinos”: dos 25 mil maradonianos, cerca de 15 mil são de fora da Argentina – e eles estão espalhados em aproximadamente 50 países.

 

Quanto a entender de futebol… Bom, digamos que eles são incisivos em suas crenças. Em entrevista ao poliglota editor do UOL Tablóide, o fundador da Igreja Maradoniana, Hernan Amez, comentou a velha rivalidade entre Maradona e… Pelé. “Pelé? O rei do futebol. Não há dúvida. Para todo mundo, inclusive para ele mesmo, que se autoproclamou, ele foi o rei do futebol. E Maradona é Deus. Isso também não se discute.”
Os sociólogos freqüentemente discordam sobre a definição de “seita”. Parte do consenso parece residir no fato de que estes são grupos religiosos com pouco reconhecimento da sociedade. Outros afirmam que uma seita está ligada a um grupo ideológico com um líder carismático e/ou autoritário que priva seus seguidores de boa parte de seu livre-arbítrio exercendo uma grande influência sobre eles. Qualquer que seja a melhor definição aqui nós apresentamos algumas das seitas mais malucas de todos os tempos.

 

Atenção: A infâmia de muitas seitas desta lista reside em atos especialmente brutais, portanto evite ler se for sensível a este tipo de conteúdo.

9) Ho No Hana

Ho No Hana Sanpogyo é uma seita japonesa chamada também de “seita da leitura do pé”. É chamada assim porque seu fundador, Hogen Fukunaga, afirma conseguir diagnosticar doenças ao examinar os pés das pessoas. Ele fundou o grupo em 1987 e afirmava ser a reencarnação de Jesus Cristo e Buda. O grupo já afirmou possuir 30 mil membros. Hogen cobrava US$ 900 pelas leituras de pé. Ele foi acusado de fraudar donas de casa e teve que pagar mais de um milhão de dólares em danos. Hoje o nome da seita mudou para “Yorokobi Kazoku no Wa”.

10) Raelianos

Se você acredita que naves espaciais semearam a maioria das religiões, que transferência mental é possível e clonagem pode levar à reecarnação, então você pode ser um candidato para a igreja Raeliana que começou na França na década de 1970. Uma seguidora da seita apareceu nas manchetes em 2003 por haver afirmado que havia concebido o primeiro clone humano, mas em seguida o evento foi avaliado como um trote.

11) O Corpo de Cristo

Esta seita é um pequeno grupo autoritário que se baseia em “revelação direta” e não na bíblia. Esta pequena seita apareceu nas manchetes por haver levado duas crianças à morte por inanição. Samuel Robidoux, um bebê de dez meses morreu de subnutrição. Ele não foi alimentado porque sua mãe estava esperando por um sinal de Deus para fazê-lo. O filho de Rebecca Corneau, Jeremiah, morreu logo após nascer por falta de cuidados médicos básicos. Um dos antigos membros deixou o grupo depois de dez anos e deu para a polícia um diário que descrevia o que ocorreu com as crianças.

12) Ordem do Templo Solar

O grupo foi criado em 1984 por Luc Jouret, um belga e neo-nazista. O grupo seria cristão e também conhecido como a segunda vinda de Cristo e os Cavaleiros Templários. Alega-se que uma criança foi sacrificada por pensarem ser o anticristo em 1994, dias depois ele e dúzias de seguidores cometeram suicídio. Os franceses hoje consideram a organização criminosa.

13) Comunidades de Bhagwan Shree Rajneesh

O místico indiano Bhagwan Shree Rajneesh fundou diversas cidades ocultistas no Oregon, EUA, durate os anos 1980, estranhamente cheias de carros da marca Rolls Royce. Bhagwan supostamente envenenou centenas de pessoas em Dalles, Oregon, com a bactérias Salmonella, em 1984, para colocar as eleições locais em favor da seita.

14) Davidianos

Considerado um dos maiores dissientes da igreja Adventista do Sétimo Dia, os Davidianos são famosos pela revolta de 1993 no seu complexo Waco, no Texas, EUA, que acabou com a vida de 76 pessoas. O evento resultou mais ou menos no desaparecimento do que muitos consideravam uma seita, que acreditava no apocalipse iminente.

15) Família Manson

Charles Manson, que aprendeu a tocar guitarra na prisão, formou a sua “família” de criminosos em 1968. Charles pensavam que uma guerra de raças entre brancos e negros iria eclodir em 1969. Quando isso não ocorreu ele enviou seus seguidores em uma série de assassinatos para “mostrar aos negros como se fazia”, mas as vítimas eram as pessoas que não o haviam ajudado em sua carreira musical.

16) Heaven’s Gate

Os seguidores da seita Heaven’s Gate, liderados por Marshall Applewhite, pensavam que a Terra e tudo que há nela seria “reciclado” e acreditavam que poderiam pegar uma carona no cometa Hale-Bopp, em março de 1997, o que os permitiria sobreviver. Os 39 membros, incluindo Marshall, envenenaram a si mesmos em turnos em uma mansão na Califórnia, vestindo tênis da Nule e tarjas ao redor do braço que diziam “Equipe de Desembarque Heaven’s Gate”.



17) Aum Shinrikyo

Fundada em algum ponto da década de 1980, Aum Shinrikyo é famosa pelos ataques ao metrô de Tóquio com o gás sarin em 1995, matando 12 e ferindo mais de 5 mil pessoas. As crenças da seita são frequentemente descritas como uma mistura de aspectos destrutivos de várias religiões. Vários seguidores acreditavam que iriam desenvolver super-poderes e outros saboreavam a chande de lutar contra o materialismo japonês.

18) Peoples Temple

O reverendo Jim Jones começou a Peoples Temple para ajudar os sem-teto, deempregados e doentes de todas as raças, mas ex-membros afirmaram que abusos eram comuns dentro do grupo. Para remover este grupo do olhar examinador da sociedade, Jim começou uma colônia nas selvas da Guyana, onde esperava construir uma utipia tropical. Quando um congressista visitou a comunidade juntamente com três jornalistas para investigar alegações de abuso eles foram mortos quando tentavam deixar o local. Depois deste tiroteio 913 membros da comunidade beberam cianureto com suco, em um suicídio em massa. Há registros de audio e vídeo do evento e muitas pessoas foram forçadas a beber o veneno, incluindo centenas de crianças.
TAG: RELIGIÕES MALUCAS PELO MUNDO
Deus te ama e tem um plano maravilhoso de vida e salvação para você!!!
Pastor Júlio Fonseca

Se gostou compartilhe!

The following two tabs change content below.
Sou o pastor Júlio Fonseca da Igreja de Deus no Brasil no município de Anhanguera - Go. Procuro ser útil na evangelização por meio deste meio de comunicação. Com paz e amor segundo nosso Senhor!

Latest posts by Pr. Julio Fonseca (see all)

2 Respostas para “RELIGIÕES MALUCAS PELO MUNDO”

  1. Anonymous

    Que tanta loucura!

Leave a Comment