Característica de um homem de Deus

Característica de um homem de Deus
Característica de um homem de Deus

Característica de um homem de Deus

Cenário – Simples. Fazer a figura de um homem de isopor e colocar sobre a mesa, ou colar em um quadro.

Escrever as características do homem de Deus em bandeirinhas, e a proporção que cada representante falar, vai colocando-a na figura.

Personagens – Sete pessoas para representar as características:

1º – Amor – Deverá entrar de roupão branco com um cajado.

2º – Profeta – Entra de gravata, roupa social, com uma Bíblia aberta.

3º – Conselheiro – Entra acompanhado por um casal.

4º – Vigilante – Fardado com capacete.

5º – Irrepreensível – Roupão azul com a Bíblia na mão.

6º – Honestidade – entra com uma mala e com duas pessoas bastante alegre.

7º – Hospitaleiro – Entra com uma mala e com duas pessoas bastante alegre. (Cada um trará uma faixa de identificação, entrará com a chamada do narrador ao som de um hino.)

NARRADOR – Em todo tempo Deus chama homens para uma missão toda especial, a missão de arrebanhar e cuidar de vidas que são preciosas aos olhos de Deus. São Homens que uma vez sentindo a sua chamada e, vocacionados, preparam-se para esta missão. Ninguém pode negar a veracidade de que o ministério é um todo na vida daquele que é chamado por Deus!A missão do pastor é de todas a mais autêntica e a mais sublime, pois na vida secular os profissionais lidam com valores materiais e que se acabam. O pastor cuida de valores eternos e espirituais, por que o Ministério tem a revelação em Cristo, uma dignidade para a vida terrestre, preparando vidas para uma inteira comunhão com Deus! Tanto aqui quanto na eternidade.

Vamos apresentar sete características que a Bíblia destaca deste homem de Deus, observando-as vamos concluir que a chamada ministerial é mesmo um dom e privilégio para o escolhido.

Entra o jovem com uma faixa escrito AMOR – atrás da faixa poderá ser colado o que ele vai falar.

1º) AMOR – A Bíblia nos adverte em 1 Coríntios 13:3 “Ainda que distribuísse toda minha fortuna aos pobres e não tivesse amor, nada me aproveitaria”. O Pastor sente-se motivado pelo amor, movido pelo Espírito de Deus, pelo amor ele sente as necessidades espirituais de seu rebanho, dando-lhes alimento, a alimentação sadia da Palavra de Deus! Pelo amor o pastor verifica as condições de seu rebanho, plantando nos corações novas aspirações que resultam em desenvolvimento do caráter e personalidade. O pastor conforta os tristes, busca os desgarrados, ajuda os fracos e visita os doentes. Por amor a Deus, ele realiza tudo isso.

2º) PROFETA – O Pastor não foi chamado para profetizar no sentido de predizer o futuro, mas foi chamado para anunciar as verdades aos homens, por meio da mensagem divida e do exemplo de sua vida, para tal, o pastor deve estar em constante oração, sempre estudando a Palavra, pesquisando e em submissão ao Espírito Santo de Deus. Como profeta ele recebe de Deus de maneira clara! O pastor como profeta é um ajudante de Cristo na terra, promovendo seu reino e conduzindo vidas no caminho divino.

3º) CONSELHEIRO – Como conselheiro, o pastor é uma pessoa de confiança da igreja, como também dos de fora. Como conselheiro, ele se preocupa com o bem-estar social e sobretudo espiritual das pessoas que formam a comunidade cristã, e os demais que o cercam em busca de ajuda. O pastor se esforça para levar as ovelhas cansadas feridas, desgarradas e rebeldes a se conduzirem para o redil. Como conselheiro, ele é discreto, ouve com atenção, e analisa tudo com muita ética!

4º) VIGILANTE – Em marcos 14:8 a Bíblia nos chama a atenção sobre a vigilância. O Homem de Deus deve ser simples, mas muito prudente! Ele deve estar em constante oração, e não se esquecer de vigiar, pois o inimigo de nossas almas esta atento, qualquer descuido, ele esta pronto para atacar. O pastor, por ser o líder, se cair, deixará o rebanho enfraquecido. É preciso que o homem de Deus vigie para resitir os vendavais!

5º) IRREPREENSIVEL – Em Tito 1:7 vemos a importância de sermos corretos, perfeitos em toda maneira de viver.O homem de Deus deve trabalhar consigo mesmo para evitar ser repreendido. Sua vida deve ser um exemplo, de maneira a ser admirado por todos. Que todos sintam satisfação em ouvi-lo e em seguir seus conselhos. Que Deus o abençoe neste desafio!

6º) HONESTIDADE – A Bíblia esclarece que aquele que é de Deus é correto (Provérbios 21:8). Portanto, o pastor deve procurar cuidadosamente ser um homem honesto. Como pastor, ele deve saber ouvir, investigar, para não ser desonesto em suas conclusões. O Homem de Deus deve usar de honestidade nas palavras, nos negócios, na administração da igreja. Tendo esta ação, ganhará credibilidade, por todos, e o nome de Deus será exaltado.

7º) HOSPITALEIRO – A hospitalidade é mais uma das características do homem de Deus. O pastor deve estar com seu coração aberto para ser hospitaleiro. Em cada gesto deve demonstrar alegria e carinho. Agindo assim, estará cumprindo a Palavra de Deus e ensinado as ovelhas a serem hospitaleiras (1Timóteo 3:2)

NARRADOR – Mesmo sendo chamado por Deus para uma missão de tão grande relevância, o pastor tem limitações e dificuldades iguais a outros. Ele deve amar, mas também deve ser amado e respeitado pela igreja para juntos exaltarem a Deus. A missão do pastor é um campo muito vasto e difícil de ser descrito pela mente humana. É uma tarefa sublime e gloriosa que só a eternidade h´pa de revelar.Que Deus continue abençoando cada pastor que é chamado para amar, para ser profeta, conselheiro, vigilante, irrepreensível, honesto, hospitaleiro e muito mais!

Colaborador: Marcello Fundão

Fonte: como trabalhar em casa

Se gostou compartilhe!

The following two tabs change content below.
Sou o pastor Júlio Fonseca da Igreja de Deus no Brasil no município de Anhanguera - Go. Procuro ser útil na evangelização por meio deste meio de comunicação. Com paz e amor segundo nosso Senhor!

Latest posts by Pr. Julio Fonseca (see all)

Leave a Comment