Ano novo, nova criatura   Observamos com freqüência que, quando perguntamos às pessoas se desejam aceitar a Jesus muitas respondem admirados: “OH!  JÁ O ACEITEI”. No entanto quando