A expansão do Estado Islâmico no Egito tem se traduzido em êxodo dos cristãos perseguidos, que deixam a região do Monte Sinai com a sensação de terror. A movimentação está gerando um novo foco de imigração, e diante desse cenário, a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, disse que é preciso agir para proteger os cristãos da perseguição. A expansão do Estado Islâmico no Egito tem se traduzido em êxodo dos cristãos perseguidos, que deixam a região do Monte Sinai com a sensação de terror. A movimentação está gerando um novo foco de imigração, e diante desse cenário, a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, disse que é preciso agir para proteger os cristãos da perseguição.
Clique aqui e vá para a fonte da notícia…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.