Bartimeu o cego

Bartimeu o cego

Mar. 10:46-52

I – Quem era ele?

  1. Um cego do corpo, mas não da alma.
  2. a) Via coisas que nem Anás, nem Caifás, nem os escribas e fariseus chegaram a ver.
  3. b) Via pela fé a Jesus como o verdadeiro Salvador prometido. – Isa. 35:3-6.
  4. c) Pela fé vira os assombrosos milagres de Jesus.
  5. d) Era uma fé infantil, mas robusta. – Jo. 20:29.

II – Onde estava ele?

  1. No posto de seu dever.
  2. No lugar da oportunidade.
  3. No lugar em que Jesus passou e pela última vez.
  4. a) Jesus ainda passa entre os homens pelas admoestações dos amigos, pelas exortações do pregador, pela doença e pela morte.
  5. b) Devemos nos assentar no lugar onde Jesus passa, onde se lê a Sua Palavra e se reúne Seu povo.
  6. c) Quem profana o Dia do Senhor, descuida-se da leitura da Palavra e recusa orar, não se assenta junto ao caminho onde Jesus passa.

III – O que queria ele?

  1. Que Jesus lhe abrisse os olhos do corpo.
  2. As dificuldades que teve de enfrentar.
  3. a) Uns admoestavam-no a que não molestasse a Jesus.
  4. b) Outros mandavam-no calar-se.

(1) Estes não sabiam quão grande era a miséria de ser cego; ele o sabia.

(2) As belezas naturais eram-lhe desconhecidas.

  1. Todos os que desejam ser salvos devem notar bem a conduta de Bartimeu.
  2. a) Como ele, não devemos nos importar com o que os outros pensem e digam de nós, nem com os escárnios e zombarias. – João 15:18-20.
  3. b) Outros dirão: “É muito cedo”; ou “Não abandones a religião dos teus pais” ; mas em tais ocasiões devemos clamar como Bartimeu. – Sal, 119:18.
  4. O conforto de Jesus. – V. 49.
  5. a) Grandes problemas ocupavam-lhe o espírito – ia a Jerusalém para morrer; no entanto, interrompeu a sua viagem para prodigalizar conforto a um sofredor.
  6. b) Se no mundo não encontramos conforto e paz, o mesmo Jesus, que passa, nos diz: “Tende bom ânimo”, “Vinde a Mim” e “Quem vem a Mim não o lançarei fora”.
  7. Jesus o cura. – Vs. 51, 52.
  8. a) Aquela mesma mão ainda está pronta a se estender para curar nossa cegueira espiritual.

IV – O que fez ele?

  1. Antes de chegar a Jesus deixou tudo. – V. 50.
  2. a) Assim foi o filho pródigo.
  3. b) Assim foi com os primeiros discípulos.
  4. c) Hoje ainda devemos deixar tudo que nos impeça aproximar-nos de Cristo.
  5. Chegando-se a Jesus, seguiu-O. – V. 52.
  6. a) Aquele que recebe tal graça de Jesus deve acompanhá-lO aonde quer que Ele queira conduzi-lo.
  7. b) O mesmo que lhe deu a vista não o enganará; estará com ele “até o fim do mundo”.
  8. c) Assim fazendo mostramos nossa gratidão. – Mar. 5-18-20.
  9. Supliquemos do íntimo de nossa alma: – Senhor, abre os meus olhos!
Compartilhe esta postagem em suas redes sociais

prjulio

Pastor da Igreja de Deus no Bairro Santa Terezinha - Catalão/Go. Pastoreando a 16 anos, pai de 5 filhos, Servo do Deus altíssimo, utilizando a internet como meio de propagação da palavra de Deus a quem desejar. Com humildade e amor.

Postagens Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *