Um ladrão que se arrependeu

Um ladrão que se arrependeu

Lucas 23:36-43
36 – E também os soldados o escarneciam, chegando-se a ele, e apresentando-lhe vinagre.
37 – E dizendo: Se tu és o Rei dos Judeus, salva-te a ti mesmo.
38 – E também por cima dele, estava um título, escrito em letras gregas, romanas, e hebraicas: ESTE É O REI DOS JUDEUS.
39 – E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós.
40 – Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?
41 – E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.
42 – E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino.
43 – E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.

 

Nome dos ladrões

Dimas e Gestas (segundo a tradição).

Circunstâncias do fato.

I – Seu auditório – V. 39.

  1. O outro ladrão (Gestas).
  2. Os que rodeavam a cruz. A mãe de Jesus, João, o centurião (Longino) e os soldados.
  3. Os transeuntes.

 

II – Seu púlpito – V. 39.

  1. A cruz onde foi pregado (rude, dolorosa).
  2. A situação única em que a mensagem foi transmitida,

 

III – Sua mixagem! – Vs. 40-41.

  1. “Não temes a Deus?”
  2. “Merecemos a morte.”
  3. “Este homem nenhum mal fez.”

Se Dimas houvesse sido naquela hora despregado da cruz e posto em liberdade, este seria seu testemunho; e, esta, sua intrépida mensagem de fé perante o mundo!

Que estamos fazendo de nossa oportunidade?

Considerar os destinos eternos dos dois condenados.

Compartilhe esta postagem em suas redes sociais

prjulio

Pastor da Igreja de Deus no Bairro Santa Terezinha - Catalão/Go. Pastoreando a 16 anos, pai de 5 filhos, Servo do Deus altíssimo, utilizando a internet como meio de propagação da palavra de Deus a quem desejar. Com humildade e amor.

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.