Afinal, quem eram os fariseus?

Afinal, quem eram os fariseus?

Mat. 23

Cristo arrancou-lhes a máscara da hipocrisia e revelou-os aos Seus discípulos na hediondez e baixeza do seu caráter. Jesus apresenta os sinais com que são identificados em todos os tempos. “Não julgueis segundo as aparências”.

  1. Preeminência.
  2. a) Usurparam posição privilegiada (v. 7).
  3. b) “Amam os primeiros lugares” (v. 6).
  4. Incoerentes.
  5. a) Pregam o bem e não o praticam (v. 3);
  6. b) Praticam o mal e o negam;
  7. c) Palavras sem atos; atos sem palavras (Prov. 19:5).
  8. Vaidosos.
  9. a) Fazem o bem para serem vistos pelos homens;
  10. b) Buscam louvores e aplausos (v. 7).
  11. Comodistas.
  12. a) v. 4;
  13. b) Mandatários.
  14. Desumanos.
  15. a) v. 14;
  16. b) Isa. 10:1; Jo. 10:10.
  17. Cegos.
  18. a) v. 19;
  19. b) Cegos para engolir camelos; de visão para coar mosquitos! Só enxergam quando querem ou quando lhes convém! . . .
  20. Injustos.
  21. a) Fazem uma coisa e omitem outra (v. 19);
  22. b) Soltam Barrabás e crucificam Cristo!
  23. c) Rom. 1:18.
  24. Hipócritas.
  25. a) O exterior não corresponde ao interior (v. 23);
  26. b) Sepulcros caiados (v. 27; II Tim. 3:5).
  27. Orgulhosos.
  28. a) Pretendem ser Rabis (mestres), doutores da lei, consultores jurídicos religiosos;
  29. b) Vazios de bom senso e amor cristão (v. 12).
  30. Egoístas.
  31. a) Pensam mais em si mesmos que nos outros;
  32. b) Tratam mais de suas comodidades que das do próximo (Ez. 34:2-11).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.