Deus quer nos fazer andar sobre os lugares altos
12 Minutos (Tempo de leitura )

Deus quer nos fazer andar sobre os lugares altos

Deus quer nos fazer andar sobre os lugares altos

(Habacuque 3.19)

(RA) O SENHOR Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça, e me faz andar altaneiramente (que se eleva muito alto).A o mestre de canto. Para instrumentos de cordas.

(RC) JEOVÁ, o Senhor, é minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas. (Para o cantor-mor sobre os meus instrumentos de música.).

(NTLH) O SENHOR Deus é a minha força. Ele torna o meu andar firme como o de uma corça e me leva para as montanhas, onde estarei seguro.

(NVI) O Senhor Soberano é a minha força; ele faz os meus pés como os do cervo; ele me habilita a andar em lugares altos. Para o mestre de música. Para os meus instrumentos de cordas.

(A. Revisada) O Senhor Deus é minha força, ele fará os meus pés como os da corça, e me fará andar sobre os meus lugares altos. {Ao regente de música. Para instrumentos de cordas.}

Introdução: Uma grande verdade é que Deus quer nos fazer andar sobre os lugares altos. Este lugar alto mostra que assim como Deus desce para estar conosco ele quer nos elevar para estar com Ele, ou seja, ele entende as nossas fraquezas e quer que experimentemos do seu poder.

O Salmo 91.1,9 diz: (1) Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. (9) Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio! O Altíssimo é a tua habitação.

Isaías 57.15 – Porque assim diz o Alto, o Sublime, que habita a eternidade, o qual tem o nome de Santo: Habito no alto e santo lugar, mas habito também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e vivificar o coração dos contritos.

Abatido: São as pessoas que se sentem sem forças, diminuído e humilhado. (Não é altivo)
Contrito: que está arrependido.

I – Habacuque, em sua oração a Deus.

  1. No capítulo 3, nos versos 17 e 18, afirma que não são os problemas mais difíceis de sua vida que o irá separá-lo de Deus: “Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação”.

Habacuque 3:19

19 – O SENHOR Deus é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas. (Para o cantor-mor sobre os meus instrumentos de corda).

  1. Ainda que aparentemente não haja solução no verso 19 ele diz: que a sua força é o Senhor Deus.
  2. Logo em seguida ele afirma: “e me fará andar sobre os lugares altos”.

Obs. Aqui Habacuque se mostra convicto, certo de sua fé.

II – Nem sempre foi assim.

  1. Habacuque viveu em período muito conturbado na história de Israel.
    • A Assíria saía de cena e entrava o domínio da babilônia (Caldeus)
    • Jeremias seu contemporâneo profetiza a destruição de Jerusalém e do seu templo.
    • Toda a nação seria levada ao exílio, o que aconteceu e durou 70 anos.
  2. Desejava ver o povo renovado, mas Deus não “ouvia” a sua oração (Habacuque 1.2).
    • Quantas vezes nos sentimos assim, parece que Deus não está ouvindo a nossa oração, mas a bíblia diz: Salmos 3:4 – Com a minha voz clamo ao SENHOR, e ele do seu santo monte me responde.
    • Isaias profeticamente fala: Isaías 59:1Eis que a mão do SENHOR não está encolhida, para que não possa salvar; nem surdo o seu ouvido, para não poder ouvir.
  3. Habacuque estava preocupado com a “indiferença” de Deus.
    • Habacuque percebia claramente que o reino de Judá estava se deteriorando rapidamente. (O Rei Josias foi o último a ser usado por Deus de lá até o seu tempo só calamidade)
    • Observemos que no momento de dor do profeta Deus não lhe dá uma explicação e sim uma revelação. (Habacuque 1.5-11)

Habacuque 1:5-11

5 – Vede entre os gentios e olhai, e maravilhai-vos, e admirai-vos; porque realizarei em vossos dias uma obra que vós não crereis, quando for contada.

6 – Porque eis que suscito os caldeus, nação amarga e impetuosa, que marcha sobre a largura da terra, para apoderar-se de moradas que não são suas.

7 – Horrível e terrível é; dela mesma sairá o seu juízo e a sua dignidade.

8 – E os seus cavalos são mais ligeiros do que os leopardos, e mais espertos do que os lobos à tarde; os seus cavaleiros espalham-se por toda parte; os seus cavaleiros virão de longe; voarão como águias que se apressam a devorar.

9 – Eles todos virão para fazer violência; os seus rostos buscarão o vento oriental, e reunirão os cativos como areia.

10 – E escarnecerão dos reis, e dos príncipes farão zombaria; eles se rirão de todas as fortalezas, porque amontoarão terra, e as tomarão.

11 – Então muda a sua mente, e seguirá, e se fará culpado, atribuindo este seu poder ao seu deus.

  • O que mais precisamos em um momento de dúvidas é uma visão de Deus e não uma explicação.
  1. Habacuque estava preocupado com a “incoerência” de Deus.
    • Ele pensava que havia escutado uma resposta de Deus.
    • Como era possível Deus usar uma nação perversa para castigar seu povo especial?

 Importantíssimo! Será que estamos dispostos a deixar que Deus faça conosco e com aqueles que ele ama aquilo que lhe aprouver?

 Romanos 11.33-36 – (33) Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! (34) Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? (35) Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído? (36) Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!

III – Mudança de atitude – o profeta vigia e espera.

  • Mudou para melhor.
  • Colocou-se na torre de vigia. (Ler Habacuque 2.1)

Habacuque 2:1

1 – SOBRE a minha guarda estarei, e sobre a fortaleza me apresentarei e vigiarei, para ver o que falará a mim, e o que eu responderei quando eu for argüido.

  • Quando o crente muda de atitude, da reclamação para a prontidão, ouve a voz de Deus.
  • Deus falou: “o justo pela sua fé viverá”

Paulo e o escritor de Hebreus fazem uso dessa frase:

  • Romanos 1.17 – Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá pela fé.
  • Gálatas 13.11 – E é evidente que pela lei ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá pela fé.
  • Hebreus 10.38 – Mas o justo viverá pela fé; E, se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele.

IV – Os lugares altos passam a ser a sua habitação.

  • Há meditação sobre a esplendor de Deus.

Revelação da glória de Deus – Habacuque 3.3,4 – Deus veio de Temã, e do monte de Parã o Santo (Selá). A sua glória cobriu os céus, e a terra encheu-se do seu louvor. (4) E o resplendor se fez como a luz, raios brilhantes saíam da sua mão, e ali estava o esconderijo da sua força. 

Nota: Temã era um distrito que pertencia a uma das divisões tribais de Edom, conforme relata o profeta Isaías no capítulo 63, versículos 1 a 4. Quando o profeta menciona o monte Parã está se referindo aos majestosos acontecimentos relacionados com a entrega da lei no Sinai, usando-os como ilustrações dos eventos do dia do juízo.

  • Há meditação sobre a poder de Deus – Habacuque 3.6 Parou, e mediu a terra; olhou, e separou as nações; e os montes perpétuos foram esmiuçados; os outeiros eternos se abateram, porque os caminhos eternos lhe pertencem.

Ler: Is 40.5,12,13,15,17,29-31

Isaías 40:5

5 – E a glória do SENHOR se manifestará, e toda a carne juntamente a verá, pois a boca do SENHOR o disse.

Isaías 40:12-15

12 – Quem mediu na concha da sua mão as águas, e tomou a medida dos céus aos palmos, e recolheu numa medida o pó da terra e pesou os montes com peso e os outeiros em balanças? 13 – Quem guiou o Espírito do SENHOR, ou como seu conselheiro o ensinou?

15 – Eis que as nações são consideradas por ele como a gota de um balde, e como o pó miúdo das balanças; eis que ele levanta as ilhas como a uma coisa pequeníssima. 17 – Todas as nações são como nada perante ele; ele as considera menos do que nada e como uma coisa vã.

Isaías 40:29-31

29 – Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. 30 – Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; 31 – Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.

Conclusão: Que possamos, assim como Habacuque, permanecer nos lugares altos, independente das circunstâncias de nossas vidas. Parar em meio as nossas interrogações e ouvir a vos de Deus. E ele diz:

Mateus 28.20 – ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.

 Deus nos criou para as alturas. Se Ele nos permite passar pelo vale, e para que possamos esperar nEle e subir com assas como águias (Isaias 40.30,31). Ele nos faz cavalgar sobre os altos da terra (Deuteronômio 32.13).

Isaías 40:30-31

30 – Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; 31 – Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.

Deuteronômio 32:13

13 – Ele o fez cavalgar sobre as alturas da terra, e comer os frutos do campo, e o fez chupar mel da rocha e azeite da dura pederneira.

Davi (perseguido por inimigos e Saul) – Salmos 18.32-33 – (32) Deus é o que me cinge de força e aperfeiçoa o meu caminho. (33) Faz os meus pés como os das cervas, e põe-me nas minhas alturas.

Lugares altos:

Entender a vontade de Deus; Ser mais íntimo de Deus; Acima dos problemas; Acima das perseguições.

 Apesar de, não paro; Apesar de, não desisto; Apesar de, confio. Fala de mudança de vida.

 Vou repetir: Quando o crente muda de atitude, da reclamação para a prontidão, ouve a voz de Deus. “O justo pela sua fé viverá”.

Campbell Morgan: nossa alegria é proporcional a nossa confiança. Nossa confiança é proporcional a nosso conhecimento de Deus.

Deus nem sempre muda as circunstâncias, mas pode nos transformar para enfrentarmos as situações. Isso é viver por fé.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *