É preciso ler, ouvir e guardar a palavra de Deus

É preciso ler, ouvir e guardar a palavra de Deus

Apocalipse 1:3 – Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.

I – Bem-aventurado o que lê.

1. Há diferença entre ler e ler.

a) Há muitos que lêem e nada compreendem. Outros lêem e não assimilam. Porém os que assimilam, aprendem a temer a Deus.

Jeremias 15:16 – Achando-se as tuas palavras, logo as comi, e a tua palavra foi para mim o gozo e alegria do meu coração; porque pelo teu nome sou chamado, ó SENHOR Deus dos Exércitos.

  • O lugar, quem escreveu e sob que circunstâncias.
  • Quem lê tem discernimento (entendimento)
  • O exame sincero produz luz e entendimento. – Sal. 119:130.

Lucas 24:25-27 25 – E ele lhes disse: Ó néscios, e tardos de coração para crer tudo o que os profetas disseram! 26 – Porventura não convinha que o Cristo padecesse estas coisas e entrasse na sua glória? 27 – E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras.

II – Bem-aventurado o que ouve.

1. Há diferença entre ouvir e ouvir.

a) Há pessoas que ouvem só com os olhos. Outras ouvem, mas não procuram entender o que ouvem. Será bem-aventurado o que ouve e compreende

Romanos 10:17 – De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.

III – Bem-aventurado o que guarda.

  1. Pouco adiantará se lermos e ouvirmos, mas não guardarmos.

Tiago 1:22-24  22 – E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos. 23 – Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural;  24 – Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era.

  • Deus requer obediência restrita à Sua Palavra. Guardando Sua Palavra, somos abençoados.

Mateus 7:24-27 24 – Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; 25 – E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha. 26 – E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia; 27 – E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.




Compartilhe esta postagem eu sua rede social!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *