Conhecendo o profeta Jeremias

Ida Gospel

Jeremias era filho de Hilquias, oriundo da classe sacerdotal, nasceu em Anatote, uma pequena cidade localizada a 5 km ao norte de Jerusalém, foi chamado a exercer o ministério profético ainda bem novo. É o mais psicológico de todos os profetas do antigo testamento, conhecido como o profeta das lágrimas em virtude de seus muitos lamentos sobre as

condições miseráveis de Judá. Foi um homem que teve poucos amigos, é um dos tipos de nosso Senhor Jesus Cristo. Seu choro sobre sua cidade, nos faz lembrar o choro do Mestre sobre Jerusalém, certa vez foi comparado a Jesus. Mt. 16.14.
Jeremias um dos profetas maiores, foi sem duvida alguma um dos maiores personagens da história que nos relatam a santa escrituras, escreveu suas profecias na Palestina entre 685 e 616 a. C.; num dos períodos mais difíceis da história do povo judeu, o povo tinha se afastado do Senhor e seguido caminhos desastrosos, Deus o levanta para ser uma testemunha a nação, devido ao seu chamado sofreu muitas perseguições, veio a falecer no Egito como exilado. Juízo e benignidade são os pontos centrais do seu livro.

Breve conteúdo do Livro:
Jeremias, o arauto de Deus a nação – Jr:1.1; 33-26
Jeremais, o atalaia de Deus – Jr:34.1 – 45.5
Jeremias, testemunha de Deus a nação – Jr:46.1 – 52.34

Estatísticas do livro de Jeremias:
É o 24º livro da Bíblia, tem 52 capítulos, 1.364 versículos e aproximadamente 43 mil palavras. O livro contém 779 predições. Há 194 perguntas, 303 mandamentos e 16 promessas. Em Jeremias podemos descortinar 62 mensagens divinas. Jesus é conhecido aqui no livro como o Senhor dos Exércitos.

A chamada de Jeremias Jr.1.1
Foi uma chamada especifica – fora chamado para ser um profeta de Deus a nação.
E o que é ser um profeta? A palavra profeta ver do termo hebraico nabbi, este vocábulo, por seu turno, origina-se do verbo dabar: dizer, falar. Então entendemos q um profeta é um mensageiro de Deus, um portador de uma mensagem divina.

Para ser um profeta de Deus são necessárias as credenciais de um verdadeiro profeta e essas Jeremias tinha. Vejamos:
O verdadeiro profeta falava em nome do Senhor – Is. 38.1; Jr. 12.14; Ez.22.12. a expressão: Assim diz o Senhor, era o exórdio que caracterizava toda profecia genuína, se tal profeta falasse em seu próprio nome ou em nome de outros deuses era declarado como inimigo da Santa Aliança.
As palavras do verdadeiro profeta não caiam por terra – I Sm. 3.19,20
O verdadeiro profeta tinha intimidade com Deus – Amós 3.7; Gn. 18.17; 2 Rs. 1.9-16
O verdadeiro profeta era uma autoridade incontestável – veja o exemplo de Nata ( 2 Sm. 1-15)

As virtudes exigidas dos verdadeiros profetas:
Coragem – Ez. 2.6
Flexibilidade – Ez. 3.8,9
Vigilância – Ez. 3.17-19
Atenção – Ez. 3.10; Dt. 18.20

Os sofrimentos de Jeremias Jr. 12.5; 17.16,17; Hb. 11.35-38
Devido ao seu chamado ministerial e sua vocação profética, o profeta Jeremias teve que amargar uma vida de muito sofrimento, pois o profeta estava comprometido com a visão que Deus lhe dera e sabia de sua responsabilidade, mais ele não se entregou, lutou até o fim, seus sofrimentos nos mostram que é possível obter triunfo em meio a dor e ainda assim se manter fiel ao Senhor.

Sofreu o desprezo do seu próprio povo – Jr. 12.5
Sofreu ferimentos e prisões – Jr. 20.1-2; 33.1
Sofreu solidão – Jr. 15.17
Sofreu a dura prova do calabouço – Jr. 38.6
Sofreu nas mãos dos falsos – Jr. 18.18; 20.9,10
Sofreu perigo de morte – Jr. 26.1

Quem será que está disposto a pagar o preço que esse servo de Deus pagou??? Colocando-se muitas vezes em perigo e lutando bravamente, tudo por amor e para cumprir as ordens de seu Senhor!!!

As crises de Jeremias:
Segundo o dicionário a palavra crise significa: momento decisivo ou perigoso, alteração no curso de algo etc. Quando passamos por crises estamos diante de duas situações, tendo perigo de fracassar e oportunidade de triunfar em meio a crise.

Os escritores contemporâneos identificaram 3 tipos de crises:
Crises acidentais ou situacionais – ocorre quando surge ameaça repentina ou perda inesperada, tais como: morte de um ente querido, doença súbita, perda de bens etc.
Crises de desenvolvimento – surgem no curso do desenvolvimento humano normal, tais como: entrada na escola, ajustes no casamento, aceitação de criticas, enfrentar a aposentadoria, adaptação a morte de amigos etc.
Crises existências – surgem quando somos forçados a enfrentar verdades perturbadoras, tais como: sou um fracasso, minha vida não tem propósito, ninguém gosta de mim etc.

Na verdade todos nós passamos por crises na vida, quando Deus permite isso conosco, é para o nosso bem. Quanto à nossa fé, a crise é um momento decisivo, em que você tem que tomar uma decisão.

A maneira como você responde no meio da crise determina se você se envolver com Deus em algo grande que só Ele pode fazer. Quando Deus nos diz o que Ele quer fazer por nosso intermédio, iremos enfrentar uma crise em nossa fé. Não foi diferente o que aconteceu com o profeta Jeremias, homem de lágrimas e amor profundo pelo seu povo, vendo as condições miseráveis em que se encontrava à nação, e em meio as perseguições sofridas, o grande profeta teve que enfrentar sérias crises, mais Deus o ajudou e ele venceu.

Vejamos alguns momentos de crises do profeta das lágrimas:
Questionou a Deus – seria tu um ilusório ribeiro para mim??? – veja Jr:15.18
Expressou profunda angústia em meio a perseguição, sentindo que Deus usou de força demasiada para com ele – veja Jr.20.7 – Pensou em parar de falar no nome do Senhor – Jr:20.9
Amaldiçoou até o dia de seu nascimento – veja Jr:20.14-1

José Carlos Alexandre
Assembléia de Deus em Parque Amorim – Rio de Janeiro

Blog Caminho certo

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on print
prjulio

prjulio

Pastor da Igreja de Deus no Bairro Santa Terezinha - Catalão/Go. Pastoreando a 16 anos, pai de 5 filhos, Servo do Deus altíssimo, utilizando a internet como meio de propagação da palavra de Deus a quem desejar. Com humildade e amor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *