...

Avivamento espiritual redescobrindo a Deus

Texto: Atos 2 : 41 – 47

41 – De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, 42 – E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. 43 – E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos. 44 – E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum. 45 – E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister. 46 – E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração, 47 – Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

Introdução.

  • Avivamento não é emoção. É o evangelho.
  • Avivamento é um estado de graça e intimidade com Deus.
  • Avivamento é o ápice de uma vida devotada ao senhor.
  • O Avivamento é quando o espírito Santo se sobrepõem a natureza carnal.
  • O avivamento é fogo que arde, por isso ele deve estar acima do racional é viver o espiritual.

Como despertar o avivamento.

  1. Com uma adoração vibrante.
  • Louvores que levam o evangelho ao mais profundo do coração.
  • Devemos louvar com o coração acima das palavras.
  • Devemos nos entregar esquecendo a mundo e seus problemas.
  1. Com ensino profundo da Bíblia.
  • Realmente mergulhar na Palavra. Não “esquiar”sobre ela.
  • Saber que quem dirige a pregação e o louvor é o espirito santo e não nós.
  • Casar as palavras com as ações, praticando o que foi ensinado.
  1. Com uma rica comunhão.

    * Ilustração: Jesus: Marcos 3:13-14

    * Marcos 6: 30-32.

    * Lucas 21: 28-30. – A idéia de mentor. De estar ao lado.

    * Como no grupo dos Alcoólatras Anônimos.

  1. Com um evangelismo eficiente.

    * O bom evangelista respeita quem não crê. Exemplo: Jesus.

    * O evangelista não olha o próximo de cima para baixo.

  1. Com preocupação social.

    * Ilustração: Favelas do Rio. Você não estabelece igreja sem atender o social.

    * Nossa igreja tem ajudado os pobres?

    * Para Deus nós somos pobres. E ele nos socorre.

    * O que vemos hoje? Os tradicionais com legalismo.

    * Os liberais com preocupação social.

    * Tudo errado do ponto de vista de Jesus.

  1. Com flexibilidade diante da cultura.

    * Ilustração: Pr. Juracy Lemos, missionário em Moçambique.

    * E o problema da poligamia.

    * Crise: Se não nos adaptamos, não somos ouvidos.

    * Se adaptamos demais, agradamos a todos e é perigoso

    * Jesus é água da vida. Podemos mudar o “copo que servimos”

    * O evangelho vai nos ensinar a adaptar, como fêz Jesus.

Conclusão.

    * Precisamos dos 6 pontos juntos.

    * Adoração vibrante. Ensino da Bíblia. Comunhão forte. Evangelismo eficiente.

    * Preocupação com o social. Flexibilidade com a cultura.

    * O que percebemos hoje?

    * Igrejas que enfatizam um ponto ou outro.

    * Os pentecostais enfatizam o louvor.

    * Os liberais enfatizam o social

    * Os tradicionais enfatizam o legalismo.

    * Os 6 pontos precisam andar juntos, com a mesma ênfase.

    * Jesus é o nosso padrão, nosso líder perfeito e poderoso.

Você gostou desta mensagem?

0 / 0



Visitado 23 vezes



Deixe um comentário 0

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *