Os 7 milagres no rio Jordão

Autor: Rev. Welfany Nolasco Rodrigues

Numa mesma passagem podemos ver Os 7 milagres do Jordão, aonde Deus mais uma vez nos mostra o seu poder.

“Pois ides passar o Jordão para entrardes e possuirdes a terra que vos dá o Senhor , vosso Deus; possuireis e nela habitareis.” Deuteronômio 11.31

Introdução: Jordão significa “aquele que desce” e tem o sentido de passagem, porque para entrar na Terra Prometida precisariam atravessar o rio. Geograficamente o Jordão corta toda a nação de Israel do norte ao sul, formando um dos vales mais profundos do planeta.

O sentido espiritual do Jordão é descer, se humilhar, suportar com fé e saber que tudo que vivemos é uma passagem que precisamos enfrentar corajosamente, sabendo que o Senhor nos dará a vitória. Situações difíceis da vida são desafios que podem ser considerados o Jordão pessoal de cada um de nós.

Em vários momentos nas Escrituras o Jordão é citado como um lugar decisivo e podemos aprender várias lições com os eventos acontecidos neste cenário tão importante para o povo de Deus.

Qual é o seu Jordão?

Vamos aprender com os milagres presenciados no rio Jordão:

1- PROSPERIDADE

Gênesis 13.10 “Levantou Ló os olhos e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem-regada (antes de haver o Senhor destruído Sodoma e Gomorra), como o jardim do Senhor, como a terra do Egito, como quem vai para Zoar. ”

O primeiro milagre do Jordão é a prosperidade, porque no meio de um grande deserto este rio leva vida abundância. No cenário da terra santa percebe-se nitidamente um verdadeiro oásis formado ao redor do leito do rio Jordão.

Quando Ló e Abraão resolveram separar seu rebanho e cada um foi para um lado, então Ló percebeu que às margens do Jordão seria um bom terreno para levar seu rebanho.

Quem serve a Deus com humildade, mesmo em tempos de crise, sabe que Deus nos sustenta e prospera o caminho quando vivemos pela fé. Existe uma nítida diferença de quem serve a Deus com fidelidade, porque Deus prospera tudo o que fizermos.

No Jordão Deus opera o milagre da Prosperidade!

2- LIVRAMENTO

Josué 4.23 “Porque o Senhor , vosso Deus, fez secar as águas do Jordão diante de vós, até que passásseis, como o Senhor , vosso Deus, fez ao mar Vermelho, ao qual secou perante nós, até que passamos.”

O segundo milagre realizado no Jordão foi quando Deus fez as águas pararem para a transposição do povo de Israel ao entrar na Terra Prometida (Josué 3.13-17). Conforme orientação Divina, enquanto os levitas adoravam e os sacerdotes carregavam a Arca da Aliança, marchando em direção à água, então o rio foi represado e o povo passou a pé.

Atravessar o rio Jordão como anteriormente passaram pelo meio do Mar Vermelho foi uma forma de lembrar da libertação da escravidão no Egito. Agora, do outro lado do rio, finalmente estavam livres para sempre.

No Jordão de nossa vida, Deus nos dá muitos livramentos de perigos e armadilhas deste mundo. Toda vez que nos humilhamos prosseguimos firmes na direção do Senhor, Deus entra com providência para nos dar livramento de todo mal. Mesmo quando passamos por privações e parece que as coisas estão dando errado, sabemos que Deus está no controle e pode estar nos livrando de algo.

No Jordão Deus opera o milagre do Livramento!

3- UNÇÃO

II Reis 2.14 “Tomou o manto que Elias lhe deixara cair, feriu as águas e disse: Onde está o Senhor, Deus de Elias? Quando feriu ele as águas, elas se dividiram para um e outro lado, e Eliseu passou.”

Foi no rio Jordão que o profeta Elias subiu ao céu levado por uma carruagem de fogo, mas antes precisou atravessar o rio, que se abriu ao bater nele com sua capa (II Reis 2.8). O profeta perguntou ao seu discípulo Eliseu se queria alguma coisa e ele pediu “porção dobrada do teu Espírito” (II Reis 2.9).

Depois que Elias foi arrebatado ao céu, Eliseu pegou a mesma capa que o profeta havia deixado e bateu no rio com ela, fazendo-o se abrir novamente (II Reis 2.13,14). A partir daquele momento a mesma unção que estava sobre Elias fez de Eliseu um grande profeta dando continuidade ao seu ministério.

Deus tem algo grandioso para realizar em nossas vidas, mas primeiro precisamos passar o Jordão aprendendo a ser mais humildes. Passamos por fases difíceis que são testes para saber se estamos preparados para ser usados por Deus. A unção de Deus nos capacita a vencer tudo de forma espiritual.

No Jordão Deus derrama sua UNÇÃO!

4- CURA

II Reis 5.14 “Então, [Naamã] desceu e mergulhou no Jordão sete vezes, consoante a palavra do homem de Deus; e a sua carne se tornou como a carne de uma criança, e ficou limpo.”

Naamã era um grande general sírio, mas que sofria de lepra (II Reis 5.1). Quando soube que havia em Israel um homem de Deus, logo foi procurar e pedir ajuda. O profeta Eliseu mandou ele se banhar no Jordão sete vezes, mas ele relutou porque o rio era bem menor do que os de sua terra (II Reis 5.10-12). Somente quando Naamã aceitou obedecer que o milagre aconteceu.

A crua de Naamã nos ensina que o orgulho não leva a lugar algum e que precisamos abrir nossa ferida para receber a cura. Deus quer operar milagres em nossas vidas, mas para isso precisamos descer o Jordão e nos humilhar.

Existem doenças que são fruto da desobediência e teimosia. Quando sabemos que não podemos comer algo precisamos obedecer, porque a própria medicina já é um milagre de Deus. A perseverança, representada pelos sete banhos, também nos ensina que somente quando persistimos conseguimos vencer.

No Jordão Deus opera CURA!

5- PROVISÃO

II Reis 6.5-7 “Sucedeu que, enquanto um deles derribava um tronco, o machado caiu na água [do Jordão]; ele gritou e disse: Ai! Meu senhor! Porque era emprestado. Perguntou o homem de Deus: Onde caiu? Mostrou-lhe ele o lugar. Então, Eliseu cortou um pau, e lançou-o ali, e fez flutuar o ferro, e disse: Levanta-o. Estendeu ele a mão e o tomou.”

Certa vez quando os discípulos dos profetas precisaram aumentar a Casa dos Profetas, durante a construção, alguém deixou um machado cair na água, mas quando pediu ajuda a Eliseu ele fez o machado flutuar.

A provisão de Deus em nossa vida revela nossa dependência do Senhor em tudo o que precisarmos, principalmente para Sua obra. Às vezes perdemos nossa ferramenta durante a realização do trabalho, mas se pedirmos ao Senhor, que é o dono da seara, então somos capacitados (Mateus 9.38).

Em nossa vida, quando passamos por momentos de escassez e privações, nos humilhamos e perseveramos na presença do Senhor até que Deus abre as portas e traz provisão.

No Jordão Deus realiza a PROVISÃO!

6- SALVAÇÃO

Marcos 1.4,5 “apareceu João Batista no deserto, pregando batismo de arrependimento para remissão de pecados. 5Saíam a ter com ele toda a província da Judeia e todos os habitantes de Jerusalém; e, confessando os seus pecados, eram batizados por ele no rio Jordão.”

Após o período intertestamentário, quando o povo retornou do cativeiro, mas ficando ainda dispersos espiritualmente, por causa da falta do ministério profético, então se cumpriu a profecia da “voz que clama no deserto” (Isaías 40.3), através da pregação de João Batista, chamando o povo para arrependimento dos pecados.

Após séculos sem o surgimento de profetas, João Batista aparece no Jordão, o mesmo lugar onde foi cenário de tantos acontecimentos na história bíblica. Enquanto o povo descia ao Jordão para buscar água e se banhar, João Batista pregava e batizava as pessoas.

A salvação é o maior de todos os milagres, porque somos pecadores indignos e mesmo assim Deus nos perdoa. Quando arrependemos dos nossos pecados e confessamos, o Senhor nos aceita com seu amor e graça (I João 1.7-9).

No Jordão Deus anuncia a SALVAÇÃO!

7- CHAMADO

Lucas 4.1 “Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi guiado pelo mesmo Espírito, no deserto.”

O batismo de Jesus também aconteceu no Jordão. O início do sacerdócio era aos trinta anos, por isso Jesus esperou essa idade para iniciar seu ministério (Números 4.3).

O exemplo de Jesus ao se batizar não era por causa de pecado, mas para nos ensinar a obediência e entender o tempo certo de Deus para nós, bem como as etapas que devemos passar.

Deus tem um chamado para cada um de seus filhos e precisamos buscar o poder de Deus para realizar sua obra. Assim como Jesus só começou o seu ministério sob a direção do Espírito Santo, também devemos buscar a orientação do Senhor que nos conduz a cumprir sua vontade.

No Jordão Deus confirma o CHAMADO!

Desça o Jordão e receba o Milagre!

 

CONCLUSÃO

Lucas 14.11 “Pois todo o que se exalta será humilhado; e o que se humilha será exaltado.”

Cada pessoa tem o seu Jordão pessoal, algo que nos faz descer e nos humilhar diante do Senhor. Toda vez que descemos diante de Deus nos levantamos vitoriosos em sua presença. Se você quer viver milagres em sua vida, entenda os processos que precisará viver e creio que valerá a pena. No tempo certo o sobrenatural se realizará em sua vida.

O Jordão é uma passagem, uma fase da vida que precisamos enfrentar, sabendo que tudo faz parte de um projeto Divino e que enquanto passamos estamos sendo treinados e fortalecidos para viver a vontade do Senhor.

O milagre está além do Jordão!

Você gostou desta mensagem?

1 / 0



Visitado 38 vezes



Deixe um comentário 0

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *