Letra D

Deus e os homens

Deus e os homens

Ando meio reflexivo sobre as coisas e algumas indagações e conclusões me vêem, tantas são que num esforço de organizá-las dentro de mim, me pus a escrever despretensiosamente.

                Quando nascemos vimos a esse mundo dentro de um cenário já preparado, se você pertence a uma determinada classe social, você já pode ter noção do que vai encontrar pela frente, emprego, casamento, vida social. Mais nada está de fato estabelecido pois uma força invisível, aliado a narrativas de pessoas que viveram diferentes apesar de suas origens, fazem com que acreditemos no improvável, mais ainda fico com Salomão que ao pensar na vida concluiu:

Eclesiastes 1:9-11

9 – O que foi, isso é o que há de ser; e o que se fez, isso se fará; de modo que nada há de novo debaixo do sol. 10 – Há alguma coisa de que se possa dizer: Vê, isto é novo? Já foi nos séculos passados, que foram antes de nós. 11 – Já não há lembrança das coisas que precederam, e das coisas que hão de ser também delas não haverá lembrança, entre os que hão de vir depois.

                Embora o ser humano seja complexo em si, com tantas variantes de personalidade e perspectiva, de fato não é algo difícil de prever. Qual o futuro de um alcoólatra? De um viciado? De ladrão? Todos temos por trágico, porém qual seria o futuro de um professor? De um médico? De um marceneiro? Embora não temos por trágico, podemos imaginar aonde sua profissão os levará.