A língua, incendiando uma floresta

A língua, incendiando uma floresta

(Tiago 3:2) – Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo.

(Tiago 3:3) – Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.

  • O domínio da língua, é também o domínio da vontade

(Tiago 3:4) – Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.

(Tiago 3:5) – Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.

  • Embora a língua seja um pequeno órgão, o estrago que ela pode fazer é enorme.
  • A prudência é o princípio da sabedoria.

(Tiago 3:6) – A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.

  • A língua pode manifestar o que a de melhor no homem, mais pode transmitir o que a de pior.

(Tiago 3:7) – Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;

(Tiago 3:8) – Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.

  • O homem é senhor de todos os seres viventes, porém o seu poder deve ser aplicado para frear a sua língua.

(Tiago 3:9) – Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.

(Tiago 3:10) – De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim

(Tiago 3:11) – Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa?

(Tiago 3:12) – Meus irmãos, pode também a figueira produzir azeitonas, ou a videira figos? Assim tampouco pode uma fonte dar água salgada e doce.

  • A boca que abençoa é a mesma que amaldiçoa, depende de você abençoar ou amaldiçoar alguém. Mais o certo é que quem opta por um abre mão do outro.

(Tiago 3:13) – Quem dentre vós é sábio e entendido? Mostre pelo seu bom trato as suas obras em mansidão de sabedoria.

14   Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.

15   Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.

16   Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.

17   Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada, tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia.

  • Ora, o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz.
  • Quando disseres alguma palavra tenha certeza que suas palavras sejam melhor que o silêncio.
  • Quem fala o que quer ouve o que não quer.
  • A língua pode cortar mais que o punhal

 

O que Deus é para nós NE 9

  • Perdoador V17
  • Clemente e misericordioso V17

(Neemias 9:17)- E recusaram ouvir-te, e não se lembraram das tuas maravilhas, que lhes fizeste, e endureceram a sua cerviz e, na sua rebelião, levantaram um capitão, a fim de voltarem para a sua servidão; porém tu, ó Deus perdoador, clemente e misericordioso, tardio em irar-te, e grande em beneficência, tu não os desamparaste.

  • Vitorioso V24

(Neemias 9:24)- Assim os filhos entraram e possuíram aquela terra; e abateste perante eles os moradores da terra, os cananeus, e lhos entregaste na mão, como também os reis e os povos da terra, para fazerem deles conforme a sua vontade.

  • Fiel e sustentador V25

(Neemias 9:25) – E tomaram cidades fortificadas e terra fértil, e possuíram casas cheias de toda a fartura, cisternas cavadas, vinhas e olivais, e árvores frutíferas, em abundância; e comeram e se fartaram e engordaram e viveram em delícias, pela tua grande bondade.

  • Poderoso e temível V32

(Neemias 9:32) – Agora, pois, nosso Deus, o grande, poderoso e terrível Deus, que guardas a aliança e a beneficência, não tenhas em pouca conta toda a aflição que nos alcançou a nós, aos nossos reis, aos nossos príncipes, aos nossos sacerdotes, aos nossos profetas, aos nossos pais e a todo o teu povo, desde os dias dos reis da Assíria até ao dia de hoje.

  • V33

(Neemias 9:33) – Porém tu és justo em tudo quanto tem vindo sobre nós; porque tu tens agido fielmente, e nós temos agido impiamente.

prjulio


Pastor da Igreja de Deus no Brasil há 19 anos, hoje atuando em Catalão no bairro Santa Terezinha, pai de 5 filhos casado com Marta Valéria.