Rio de lágrimas

Esse texto eu escrevi, devido aos constantes tiroteios entre policiais e traficantes em minha comunidade,e o saldo dessa guerra pela manhã.

Tuas esquinas são testemunhas do desespero,da agonia e do pânico.Cada beco, exala a impunidade,e esconde marcas profundas e dolorosas.Em cada canto o terror,o medo e o caos.Teus muros abrigam o perigo,a fome e a cólera.Seus asfaltos são vermelhos carmesim. Policia pega ladrão,aqui não é brincadeira não!
A crueldade é o que domina,o que impera.Um formigueiro de dia e uma arena de guerra a noite e madrugada a fora.Tiros , explosões,e gemidos é a melodia que ouvimos.
Cidade maravilhosa,cidade perdida e sofrida,tu és palco da dor de teus filhos.
http://feeds.feedburner.com/RaquelPaz/SAdorar?format=xml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.