Aconselhamento

A paz do Senhor! Pastor preciso de um aconselhamento conheci um homem evangélico porém ele é divorciado e tem um filho e eu sou solteira. Saímos para conversar umas três vezes e mantínhamos contato por mensagens. No segundo encontro descobri que ele era divorciado e tinha um filho fiquei frustrada, pois não estava preparada para conhecer alguém que já vivenciou a experiência de um casamento e logo em seguida dei um corte nele, mesmo assim continuou a enviar mensagens breves uma vez na semana e eu respondia por educação tentando esquecer e ele não deixando. Passado um mês saímos pela terceira vez e ele me roubou um beijo. Depois disso trocamos mensagens e ele me convidou para sair e não aceitei e deu outro corte nele. Porém não adiantou ele insiste em enviar mensagem uma vez ou outra, nos encontramos por acaso em alguns lugares e fica difícil eu lutar contra algo que está sempre por perto. Eu quero esquecer porém quando estou conseguindo chega mensagem no meu celular ou nos encontramos é algo que não sei explicar. Assim que conhecemos nem sabia que ele era divorciado e consultei ao Senhor se ele era o homem escolhido por Deus para mim e tirei esse texto de Cantares 2-1. Não sei se estou lutando contra algo que é de Deus pra mim?

One thought on "Aconselhamento"

  1. Irmã, eu creio na conversão, um homem pode pecar e se regenerar, Cristo acreditava nisto também pois pregava a pecadores e os chamava ao arrependimento. Para saber se ele é o homem que Deus enviou para você, deve-se levar em consideração a sua pessoa e sua forma de pensar. Quando eu conheci minha esposa eu era resém convertido e tinha 4 filhos de um relacionamento anterior no qual nem casado fui. Mais minha disposição de viver uma nova vida e o carinho de minha esposa, me fizeram ter um compromisso com Cristo e já sou Pastor a 10 anos. Então Deus faz milagres e conversões você deve analisá-lo como um todo, e não tratar com preconceito de fé.

Os comentários estão encerrados.

prjulio


Pastor da Igreja de Deus no Brasil há 19 anos, hoje atuando em Catalão no bairro Santa Terezinha, pai de 5 filhos casado com Marta Valéria.